Estudos Científicos revelam a eficácia das orações pela saúde

Gostei dessa reportagem, essa é uma das provas que a ciência moderna, não invalida a Bíblia...Depois dessa se fosse você, começava a orar...kkkk, brincadeira:

Um revelador estudo realizado nos Estados Unidos parece ter evidenciado cientificamente a eficácia da oração de intercessão pela saúde das pessoas. O estudo, realizado pelo Mid America Heart Institute (MAHI) em Kansas City, Missouri, revelou que pacientes com problemas cardíacos sofreram efeitos positivos quando grupos de oração pediam a Deus pela sua saúde. Os resultados e a avaliação do estudo foram publicados recentemente por uma importante revista da Associação Médica Americana (American Medical Association).

O método utilizado foi sumamente rigoroso para assegurar a imparcialidade dos resultados. Sem saber, ao serem admitidos na unidade médica, os pacientes eram separados indiscriminadamente em dois grupos, sem considerar a gravidade de seu estado e somente em base aos dois últimos dígitos de suas fichas médicas. Os nomes do primeiro grupo eram então distribuídos aos grupos de oração, que pelos próximos 28 dias oravam individualmente pela rápida recuperação destes pacientes. Apenas sabiam o primeiro nome e não tinham possibilidade de qualquer contato. Além disto, tomaram-se medidas necessárias para que os pacientes em nenhum momento soubessem que se estava orando por eles. A equipe médica no MAHI tampouco sabia quais pacientes pertenciam a qual grupo.

O estudo realizado ao longo de 12 meses, foi feito sobre um total de 990 pessoas. Destas 900, 484 pertenceram ao segmento pelo qual se orava. O resultado foi revelador. Em termos gerais, as conclusões do estudo indicaram que a oração de intercessão estava associada com um menor número de complicações durante o tempo que o paciente estava interno. Isto foi calculado em base a um complexo sistema elaborado por quatro peritos que somava pontos de acordo com a evolução de cada paciente. Quanto mais complicada era essa evolução, maior o número de pontos.

Ao finalizar o estudo de um ano, comprovou-se que o resultado do conjunto de pacientes pelo qual se havia orado era 11% mais satisfatório que o do grupo de pacientes pelos quais não se havia rezado. Devido ao caráter secreto da oração, os médicos organizadores consideram que as suas conclusões possuem um grande peso.

Os organizadores da experiência, buscando medir a influência da oração de intercessão, afirmam que embora ao longo de séculos as pessoas recorreram a Deus pedindo por diversas necessidades, em muitas ocasiões especialmente pela saúde dos seres queridos, a oração de intercessão recebeu pouca atenção no mundo da ciência. Uma prova semelhante foi realizada em 1988, documentando também cientificamente os efeitos positivos da oração sobre a saúde dos pacientes.

Fonte:http://www.adventistas.com/novembro/sin06119905.htm

0 comentários: